Vigilantes da Autoestima

Atitudes que transformam sua vida


19/08/2010


Dia 347 - Será a internet a verdadeira "Ilha de Lost?"

Eu tenho uma teoria que, se não me render um Oscar de Ficção, certamente renderá uma boa esquizofrenia. Eu sinto que o mundo virtual é a verdadeira "Ilha de Lost". Acho que nosso comportamento está o tempo todo sendo testado e avaliado por gente com bem mais poder sobre nós do que imaginávamos. Estou falando de orkut, facebook, twitter, Google, MSN & cia.

Acho que, ao poucos, estas pessoas estão nos enfraquecendo a saúde e a cachola, além dos nossos relacionamentos. Quem aqui não conhece pelo menos um casal que se separou por causa do orkut, ou MSN ou sei lá qual dessas pragas?

A verdade é que estamos dormindo pior, comendo pior (muitas vezes um rápido sanduíche na frente do computador) e nos relacionando pior já que não saímos do computador e já que temos mais amigos dentro do que fora.

Às vezes, sinto tanta falta de K.J., mesmo ele estando ao meu lado (grudado em algum treco desses). Às vezes, acho que para ele nitidamente o mundo virtual é muito mais cool que o real e que seria ótimo se eu virasse um avatar que morasse lá, dentro de algum programa do Milestone dele ehehehehe. E eu sei que ele gosta muito de mim. Idem!

K.J. já não se satisfaz mais com um simples cinema, ou passeio de mãos dadas pela praça ou com um sorvete colorê domingo à tarde, no solzão. Ele fica inquieto quando está longe da bagaça eletrônica.

Quanto a mim, o caso também é sério. Migrei para a internet em 95. Fui a primeira publicitária a sair de uma grande agência para "morar" e trabalhar nessa selva louca e desconhecida. Também sou viciada, mas ainda curto todas essas coisas que descrevi acima.

100 atitudes de auto estima

Essa semana tomei duas decisões importantes: 1- Vou passar uns dias com uma amiga que mora numa chácara em Santa Isabel. Vou dar um tempo de todas essas coisas loucas. 2- Tirei xerox de uma matéria: 200 coisas para se fazer em São Paulo (uma amiga italiana está na cidade e não tenho a mínima idéia de onde levá-la). Faça uma da sua cidade também! Vou convidar algumas amigas para darem um rolezinho comigo por aí :) Aliás, quem topar a parada, basta me mandar email.

http://condominiodeblogs.blogspot.com/2010/04/200-coisas-pra-se-fazer-em-sao-paulo.html

Até amanhã e seja também um Vigilante da AutoEstima

 

>> O blog da Vigilante Márcia Villela tá muito divertido: http://intensador8.zip.net/

__________________________________________


frases que levantam a auto estimaPróximo encontro dos Vigilantes da AutoEstima: 

VAI SER O MAIOR DO ANO!!!

Data21  de agosto (sábado) - Das 15:00 às 16:30 h (Higienópolis)

Atividades: Roda de conversas, dança, petiscos e muita risada (homens e mulheres)

Precito: R$ 20,00 ( (parte vai para os Médicos Sem Fronteiras e apadrinhamento.org.br)

_______________________________________________

Palha = autoestima baixa  Madeira = média  Tijolo = ótima

Hoje: casinha de tijolo 

O que fiz de bom por mimtentando sair da Ilha de LOST

O "lobo mau" interno que me detonou: nenhum

_______________________________________________

Twiter: @giselarao

giselarao@uol.com.br

Escrito por Gisela Rao às 23h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Dia 346 - Faz ou não faz. Não existe tentar!

Faz tempo que eu estou como um cão dentro de um balaio de gatos na questão do volta-não-volta a fazer exercícios. Acontece que, além de redondinha, eu estou perdendo força muscular nos braços. Já que só os uso para teclar o dia inteiro e para pegar minha gata cinza igualmente redondinha no colo.

100 dicas de auto estima

Então, vamos por partes. Primeiro: o que leva a, no meu caso, comer chocolate demais? Segundo a psicóloga Dorit Wallach Verea, especialista em Dependência Química, o chocolate estimula a produção de serotonina, substância do cérebro ligada à sensação de prazer e, com isso, alivia a depressão e, no meu caso, a ansiedade (já que sou hiperativa de nascença ou de ficança).

Além de elevar os níveis de serotonina, as calorias elevam os teores de endorfinas, o que explica a sensação de prazer citada por absolutamente todos os apreciadores de chocolate. Ou seja: a serotonina acalma e as endorfinas melhoram o humor. 

Ah, que maravilha! É, seria se eu não engordasse e fosse perseguida pelo caminhão da Ultragaz. Ahahaha

Mas, olha que bacana essa notícia que acaba de sair: "Estudiosos da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, acabam de comprovar que a euforia proporcionada pelas endorfinas, moléculas despejadas no cérebro durante a atividade física, perdura por 12 horas. Ou seja: praticar exercícios, além de melhorar o condicionamento físico, ainda melhora o humor!".  

Então, hoje, finalmente eu dei uma de Mestre Ioda no filme do "Guerra nas Estrelas" (da década de 70, óbvio). Neste trecho abaixo, o Luke Sky Walker tenta fazer uma pedra levitar, não consegue e fica putinho. Aí, ele vira para o mestre e fala: "Eu vou tentar mais uma vez". O Mestre responde: "Ou faz ou não faz. Não existe tentar!"

Então, eu atravessei a rua e me matriculei num academia legal, de um cara legal (o professor Mario), que conversou muito comigo para saber quem eu sou e o meu pique de vida e para me dar exercícios que eu curta e não que me depenem a alma e que me façam largar a coisa daqui a uma semana (Tel: 3034-3435. Mourato Coelho)

100 dicas de auto estima

O motivo pelo qual eu e você prorrogamos a ida aos exercícios é que a gente acaba achando que tem que fazer isso pelos outros e não pela gente. Achamos que ficaremos mais bonita(o)s para os outros e acabamos não fazendo porque, afinal, danem-se os outros (a vontade não é nossa!). Quando a gente encontra um motivo que seja nosso, interior, profundo, aí sim, a coisa flui, porque tiramos da frente os verbos PRECISO e TENHO QUE...

Até amanhã e seja também um Vigilante da AutoEstima!


>>Infozinha: Fique atenta aos sintomas de hipotireoidismo: http://www.mulhersemfalta.com.br/

__________________________________________


frases que levantam a auto estimaPróximo encontro dos Vigilantes da AutoEstima: 

VAI SER O MAIOR DO ANO!!!

Data21  de agosto (sábado) - Das 15:00 às 16:30 h (Higienópolis)

Atividades: Roda de conversas, dança, petiscos e muita risada (homens e mulheres)

Precito: R$ 20,00 ( (parte vai para os Médicos Sem Fronteiras e apadrinhamento.org.br)

_______________________________________________

Twiter: @giselarao

giselarao@uol.com.br

Escrito por Gisela Rao às 02h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17/08/2010


Dia 344 - Por que o outro te vê melhor do que você se vê?

Eu tenho um namoro meio moderno com K.J. Às vezes, a gente fica um ao lado do outro, com seus notes, fazendo nossas coisas. Às vezes, a gente fica num notebook só vendo filme ou ouvindo alguma música. É gostoso. Neste fim de semana, enquanto ele baixava sei lá o que, fiquei conversando com uma Vigilante (vou chamá-la de "JJ") por email. Estava um frio desgraçado e sair da cama para fazer qualquer coisa parecia ser uma péssima ideia.

Ela pediu permissão para mandar um texto escrito por ela. O texto é uma beleza e vou transcrever um pedaço (mas tive que picotar :(

"O ônibus foi enchendo.  Ele senta ao meu lado. Era um cheiro meio de perfume de fim do dia. Quem seria o dono desse cheiro tão gostoso?

Me empolguei e dei de cara com o cara. Olhos nos olhos. Era bonito, bem vestido e cheiroso. Me senti ri-dí-cu-la por pensar que o cara poderia estar me paquerando. Gorda, mal vestida, descabelada, fedorenta. Mas será? Não... não... não... não pode ser.

Ele desceu. Pensei: ah... quer saber... vou sorrir para ele.... ele já saiu do ônibus mesmo... ao menos, se ele sorrir de volta, vou saber se ele estava me paquerando. 

De repente... quando minha janela cruza o caminho do moço bonito... eis que acontece o inesperado: ele me manda um beijo seguido de um belíssimo sorriso. Que lindo! Siiiiiiiiiiiiiiiiiim. Eu sou paquerável!  Não conseguia me conter. Há muito tempo um beijo não me fazia tão bem. 

Cheguei em casa e minha filha já estava dormindo. Deitei e pensei: Saí para ver o pôr-do-sol e vi nascer o sol dentro de mim, mesmo que por alguns instantes".

Este texto me lembrou uma coisa que sempre acontece comigo. É nessas horas que eu acho que ainda não tenho a autoestima que gostaria, o que não me impede de continuar para o alto e avante. Sempre que alguém me contrata para um freela, eu penso num valor bem menor do que a pessoa havia imaginado. Já sabendo disso, eu pergunto: qual é o seu orçamento? (ao invés de dizer o meu precito). Batata! Em quase todas as vezes o contratante oferece o dobro do que eu iria dizer. É um cruz credo isso.

E tenho a certeza de que com você também acontece alguma coisa do gênero. Em quantas situações alguém te achou mais bonita(o), inteligente, magra(o), esperta(o), talentosa(o), mais jovem do que você mesma(o)? Pois é! É impressionante! Talvez agora seja o melhor dia para refletirmos: por que é tão difícil a gente nos dar um valor real? Por que o outro nos enxerga melhor do que achamos que somos?

E quando é ao contrário? O sujeito te vê pela primeira vez na rua e diz: "pensei que você fosse mais alta!". Juro que dá vontade de responder: "pensei que o seu p-- fosse maior!". Ahahaha

Agora, voltando ao sério: em que momento desvalorizamos ou deixamos que desvalorizassem o nosso "passe"? Na infância? Na adolescência? E até quando vamos realmente acreditar nisso? Até quando?

Enquanto você pensa, veja o que o photoshop vem fazendo pelos artistas para que a gente se ache mais borocochô ainda (http://migre.me/15hGi):

auto estima

auto estima

auto estima

Até amanhã e seja também um Vigilante da AutoEstima!

_______________________________________________

frases que levantam a auto estimaPróximo encontro dos Vigilantes da AutoEstima: 

Data21  de agosto (sábado) - Das 15:00 às 16:30 h (Higienópolis)

Atividades: Roda de conversas, dança, petiscos e muita risada (homens e mulheres)

Precito: R$ 20,00 ( (parte vai para os Médicos Sem Fronteiras e apadrinhamento.org.br)

giselarao@uol.com.br

_______________________________________________

Palha = autoestima baixa  Madeira = média  Tijolo = ótima

Hoje: casinha de tijolo 

O que fiz de bom por mim: foco na auto-valorization

O "lobo mau" interno que me detonou: nenhum

_______________________________________________

Twiter: @giselarao

giselarao@uol.com.br

Escrito por Gisela Rao às 01h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

15/08/2010


Dia 343 - Por que estamos tão doidões?

Fui assistir a divertida peça "Mulheres Alteradas" e ri muito. Mas a verdade é que o surto constante tem graça no palco e não na vida real. Vejam bem: não estou falando do surto esporádico (post 333), estou falando da gente andar bem doida ultimamente.

100 motivos para levantar a auto estima

A revista Trip (187) traz uma matéria muito assustadora onde diz que o Rivotril (ansiolítico) é o segundo remédio mais vendido no Brasil. De fato, se eu parar e olhar agora à minha volta vou ver um cenário com muita gente na "Ilha de Lost". Exemplos: um super amigo inteligente para caramba jogou a ansiedade na comida e nas compras e entrou numa mega depressão. Teve que ir ao psiquiatra para poder voltar a trabalhar. Um amigo linda de 40 anos, que sofria muito com a ansiedade, está tomando um treco desses - tipo Rivotril - e virou um zumbi e pensa estar feliz assim.

Um outro amigo querido, quando não tem uma compulsão por perto, sente um tédio danado e fica impaciente, precisando fazer algo estimulante. Um vizinho precisa diariamente de uma droga um pouco pesada, quando não rola, ele gruda tanto na namorada que ela está com sufocation e pediu um tempo. O marido de uma Vigilante precisa beber muito desde que nasceu o bebê porque não sabe lidar com a paternidade.

100 motivos para levantar a auto estima

Ok, para tudo! Para tudo! Não sou psicóloga, mas dá para perceber que, de alguma forma, a realidade está insuportável demais para muita gente. P.O.R. Q.U.E? Eu vou dizer o que acho e tentar ajudar dentro da minha experiência de vida:

100 motivos para levantar a auto estima

1- A televisão e o cinema, depois de décadas e décadas de filmes e comerciais perfeitos, criaram uma espécie de "xilocaína emocional" que nos faz acreditar que só seremos felizes se tivermos uma vida perfeita e se comprarmos as porcarias que eles vendem. Sofrer? Nem pensar! Afaste de mim este cálice! Ser imperfeito? Afaste de mim este cálice! Ficar triste? (eu não estou dizendo alimentar a tristeza, ok?).  Afaste de mim este cálice!

2- Profissionalmente, estamos trabalhando demais, afinal, queremos comprar a tal vida perfeita e as porcarias que eles vendem.

3- Os bagulhos eletrônicos nos jogaram na cara como somos lerdos, como tudo tem que ser mais rápido, e como, ao invés de eu estar comigo lendo um livro ou olhando para o céu ou ouvindo uma música, eu tenho que estar twitando, twitando, orkutando, faceboocando, linkedando... Uma amiga reclamou que tuíto pouco. Ai, meu Deus, tuíto pouco!! Quase entrei na dela e passei o dia tuitando. Aí, pensei: que droga! Quando eu morrer, devo escrever na lápide: "Viveu um pouco e tuitou muito" Afe!

4- Todas estas coisas acima nos afastam da gente. Então, imagina que você é um barco, você precisa voltar às vezes para o porto, não? E se não tiver porto (no caso interior?). Ou, imagina que você é um pinguim nadando e nadando, mas sem nenhuma calota de gelo por perto para descansar. Pois é... Uma hora surta, não?

Como voltar para o centro da sua Terra?

1- Existem pessoas pagas para tentar te ajudar nas angústias e, principalmente, na raiz delas. Eles chamam psicólogos e existem grupos gratuitos também.

2- Existem os florais de Bach que também ajudam no reequilíbrio e são baratinhos. Você pode intuir sua medicação a partir de um livro (http://migre.me/150br), de um site (http://migre.me/150cr) ou procurar um profissional que faça isso para você.

3- Você pode viajar no fim de semana, se mandar para o mato ou praia, longe de toda esta loucura.

4- Você pode ouvir mantras que servem para te relaxar e te levar para dentro de você. Servem também para melhorar o seu astral (http://migre.me/150oI). Gratuito (http://migre.me/150po)

5- Você pode frequentar os encontros da VAE, diminuir o minhocation e se divertir. A gente conseguiu um lugar grande para colocar bastante gente (giselarao@uol.com.br). Ano que vem, Brasil!

6- Você pode fazer yoga com gente divertida e legal. Em São Paulo: http://www.yogapequenaindia.com/ (pergunte para o André aonde fazer fora de SP).

7- Você poderá frequentar o "Café com AutoEstima", onde durante um dia da semana eu estarei à disposição, à noite, para tomar café numa cafeteria de São Paulo. Semana que vem falarei disso :)

Gente, vamos parar um pouco, respirar fundo e pensar se é mesmo o caso da gente estar tão doidona. Minha gata que medita é bem menos surtada que a pretinha que não relaxa nunca. Graças à homeopatia e ao Dr Rogério ela está melhorando :)

Mas, veja bem: de repente o seu caso é mesmo para remédio e nesse caso um psiquiatra pode realmente te ajudar. Aí, é outra história!

Até amanhã e seja também um Vigilante da AutoEstima!

 

_______________________________________________

frases que levantam a auto estimaPróximo encontro dos Vigilantes da AutoEstima: 

Data21  de agosto (sábado) - Das 15:00 às 16:30 h (Higienópolis)

Atividades: Roda de conversas, dança, petiscos e muita risada (homens e mulheres)

Precito: R$ 20,00 ( (parte vai para os Médicos Sem Fronteiras e apadrinhamento.org.br)

giselarao@uol.com.br

_______________________________________________

Palha = autoestima baixa  Madeira = média  Tijolo = ótima

Hoje: casinha de tijolo 

O que fiz de bom por mim: voltando sempre para o porto seguro interior

O "lobo mau" interno que me detonou: nenhum

_______________________________________________

Twiter: @giselarao

 

Escrito por Gisela Rao às 22h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
Gisela Rao
Gisela Rao é publicitária, escritora e está jornalista. Cansada de ver tanta gente se desvalorizando por aí (inclusive ela mesma!), resolveu criar o programa de motivação Vigilantes da AutoEstima, junto com a psicóloga Neiva Bohnenberger. Se anda difícil para você olhar no espelho e dizer "Eu me amo", acompanhe - e participe - dos relatos dessa divertida escritora, totalmente gente-como-a-gente, que se lançou um desafio:
vigiar sua autoestima por 365 dias. Conseguiu! E a saga continua...
Para o alto e avante!





Conheça meus livros:

Tchau, Nestor        Socorro, Leitora!





Histórico

    Outros Sites

    template-mod por André Dogon