Vigilantes da Autoestima

Atitudes que transformam sua vida


10/06/2011


115 - Mude suas palavras, mude seu mundo

Está chegando o Dia dos Namorados e a maioria das minhas amigas solteiras está em pânico. Ai, Deus, nessas horas eu agradeço por ter a idade que eu tenho e ter aprendido a colocar as "fichas" em outras coisas na vida também. Sim, eu já fui assim. Achava que se eu não tivesse um homem ao meu lado eu valia tanto quanto uma flanelinha de carro usada. 

Olha, ficar inquieta perto da data, tudo bem, o problema é que muitas mulheres (realmente não vejo os homens fazerem isso) começam a se depreciar loucamente, achando que estão sozinhas, "encalhadas", porque são um monte de coisas ruins. Pra começar quem encalha é baleia, Titanic e carro velho na lama. Segundo, só tenho algo a dizer: mude suas palavras, mude seu mundo. É por isso que convidei, para o imperdível próximo encontro do VAE, a terapeuta Eliana Guimarães(expert em Programação Neurolinguística),  que ensinará a vibrar o pensamento na energia das coisas que queremos conquistar. Eliana Guimarães não falará só sobre amor e, sim, sobre todos os pontos mais importantes para você.

Não adianta, se você se sentir rejeitada, feia, velha, gorda - etc - vai vibrar num baixo astral desgraçado e é aí que todo mundo desaparece mesmo. Ansiedade, querer algo demais, também é uma bomba. Li em uma matéria da revista Lola que excesso de ansiedade interfere até no nosso cheiro. 

Vigilante Tijolaço sabe que tem valor independente de qualquer fato. Se está sozinha hoje, amanhã não estará. Isso não muda em nada os próprios valores. E curte as amigas, a família, as coisas legais da vida. Minha mãe sempre dizia: "Não estrague o que você tem, com o que não tem". Vigilante Tijolaço já resgatou seu poder interior para si. Ele não está na mão de outro ou de alguma coisa.

Vamos levantar essa vibe, Vigilantes!

Seja um Vigilante da AutoEstima. Para o alto e avante!

 


> Legal: tem coluna minha nova no Atmosfera Feminina: Você completa ou complementa no amor? http://twixar.com/fWKaf3YoT


> Importante: o encontro do Vigilantes da AutoEstima será 2 de Julho e  eerá num lugar novo e lindo! As vagas são limitadíssimas: giselarao@uol.com.br

A convidada será a terapeuta Eliana Guimarães (Programação Neurolinguística),  que ensinará a vibrar o pensamento na frequência das coisas que queremos conquistar

================

Palha = baixa  Madeira = média  Tijolaço = ótima

Hojeautoestima de tijolaço auto-estima

O "lobo mau" interno que me detonou: nenhum

O que fiz de bom por mim: reequilibrando

Escrito por Gisela Rao às 04h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

09/06/2011


Dia 114 - Campanha "Passe reto pelo Umbral!"

Ontem eu saí correndo para atender o telefone aqui em casa, escorreguei no cobertor dos gatos, e levei um tombão. Eu dei muita risada porque eu lembrei de um amigo antropólogo que esteve em uma tribo na África. Ele disse que quando acontece algo assim, eles falam: "Levou um tapa do fantasma!". Dizem isso porque, segundo eles, é a vida que tá mandando mensagem para você parar e refletir um pouco. E fiz isso.

auto estima

Vendo o filme do Chico Xavier - "Nosso Lar" - fiquei com um medão danado. Segundo os espíritas, se a gente não dá muita atenção pra saúde (como venho fazendo) você é considerado um "suicida incosciente". O resultado disso é que, quando você bate as botas, cai de cara no lamão que eles chama de Umbral (vulgo Purgatório). E o pior: os outros espíritos descem o sarrafo em você. 

Então, eu estou lançando a campanha "Passe reto pelo Umbral". Para acontecer isso, você tem que dar valor à vida, cuidando da sua saúde, e cuidando dos outros também. Sendo generoso, gentil. Tá nessa? Queremos lama no pós-vida, não. Branco-Omo-Total, já! hehe

Seja um Vigilante da AutoEstima. Para o alto e avante!


> Não perca por nada neste mundo estes maravilhosos relatos: Mulher de Força e Fé : https://www.mulherdeforcaefe.blogspot.com

> Prepare-se: o encontro do Vigilantes da AutoEstima será 2 de Julho e  promete! Será num lugar novo e lindo! Reserve já porque as vagas são limitadíssimas: giselarao@uol.com.br

A convidada será a terapeuta Eliana Guimarães (expert em Programação Neurolinguística),  que ensinará a vibrar o pensamento na energia das coisas que queremos conquistar

================

Palha = baixa  Madeira = média  Tijolaço = ótima

Hojeautoestima de tijolaço auto-estima

O "lobo mau" interno que me detonou: nenhum

O que fiz de bom por mim: diminuí o ritmo e voltei a cuida da saúde

Escrito por Gisela Rao às 03h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

08/06/2011


Dia 113 - Sobre as coisas que a gente aprende na vida

A mulher da minha vida, no caso minha mãe, deixou o seu corpo em outubro do ano passado. Embora eu seja budista e sempre me lembre da impermanência, o acontecimento me arrombou a alma. Eu penso nela todos os dias e hoje seria seu aniversário de 76 anos.

Estes dias, eu tive que ir ao Rio e duas coisas me chamaram a atenção e vou ligá-las a ela. Minha forma de comemorar o seu aniversário será através da gratidão que sinto por essa mulher que, como diz Stella Florence, deveria ter sido enterrada em pé.

auto estima

Muitas pessoas, quando vão viajar, se esquecem de que não podem embarcar com objetos pontudos e são obrigadas a deixá-los em uma caixa, no aeroporto. Minha mãe teve muitos "objetos cortantes" em sua vida, que fizeram grandes estragos, e que ela soube perdoar. Com ela aprendi a arte do perdão e a deixar muitas coisas - e pessoas - para trás.

Esta foto tirei na casa de uma tia querida, no Rio. É um guarda livro, muito simples, pra colocar na poltrona e ele - o livro - não ficar caindo toda hora. Com a minha mãe eu também aprendi a arte da simplicidade. Por mais sofisticada que tenha sido a sua educação, ela tinha uma forma simples de ver a vida e as coisas. Também aprendi que na vida o negócio é ser criativo, assim a jurupoca pia menos pro nosso lado hehehe

Mãe, adoro você, que seja preciosa a sua estada onde quer que você esteja :'-)

"Queridos filhos e netos, agradeço a Deus por ter tido vocês, que me deram a razão de viver. Vocês dividiram comigo, as alegrias e tristezas. Sem vocês, não teria nada. Meu marido, apesar das grandes diferenças entre nós, foi um bom companheiro. Chego aos 70 anos, realizada e tranquila" - M. Clarice. Junho de 2005

 

================

Palha = baixa  Madeira = média  Tijolaço = ótima

Hojeautoestima de madeira 

O "lobo mau" interno que me detonou: saúde meia boca

O que fiz de bom por mim: marquei médico pra ver a tendinite

Escrito por Gisela Rao às 04h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

06/06/2011


Dia 112 - Recomeçandinho, recomeçandinho

Puxa vida, fiquei muito triste nesse fim de semana quando soube que uma das minhas melhores amigas está internada com trombose. Ela deve ter uns 30 e poucos e deu um susto danado na gente. Não vou nem entrar numas de falar que muitas vezes a gente não se cuida blá blá blá - isso todo mundo já sabe. Mas vou falar sobre começar de onde (eu/você está).

Ainda não tive a chance de ver este filme com o Mel Gibson - "Um Novo Despertar" -, mas assiti ao trailer. Segundo o trailer, o personagemes tá no limbo emocional: perde o emprego, a mulher, os filhos o acham um "banana" e ele entra em depressão. Mas, ele consegue virar o jogo graças a um castor de pelúcia. Pois é...

Não, a gente não tem um castor de pelúcia "mágico" desses, mas acredito que minha amiga e todo mundo aqui possa (re)começar de qualquer problema que aconteceu: separação, morte de alguém amado, perda de emprego, falta de saúde, de grana, falta de amigos, enfim...

Então, hoje eu queria convidar a minha amiga (que vai ter que ter paciência com o tratamento daqui pra frente), você e - eu - para um amoroso e confiante recomeçandinho (seja no que for que você precise). Para animar o nosso recomeçandinho escolhi essa música linda de morrer:

 

================

Palha = baixa  Madeira = média  Tijolaço = ótima

Hojeautoestima de tijolaço auto-estima

O "lobo mau" interno que me detonou: nenhum

O que fiz de bom por mim: recomeçandinho

Escrito por Gisela Rao às 06h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
Gisela Rao
Gisela Rao é publicitária, escritora e está jornalista. Cansada de ver tanta gente se desvalorizando por aí (inclusive ela mesma!), resolveu criar o programa de motivação Vigilantes da AutoEstima, junto com a psicóloga Neiva Bohnenberger. Se anda difícil para você olhar no espelho e dizer "Eu me amo", acompanhe - e participe - dos relatos dessa divertida escritora, totalmente gente-como-a-gente, que se lançou um desafio:
vigiar sua autoestima por 365 dias. Conseguiu! E a saga continua...
Para o alto e avante!





Conheça meus livros:

Tchau, Nestor        Socorro, Leitora!





Histórico

    Outros Sites

    template-mod por André Dogon